Presidente

Neste site, queremos dar-lhe uma perspectiva de quem somos, da nossa história, da estrutura da nossa organização, das nossas vantagens competitivas no mundo da cortiça, das nossas áreas de negócio, dos nossos produtos, qualidade e inovação.

Não queremos deixar de salientar, de entre todas estas informações, que sendo uma organização de cariz familiar, já na 3ª geração, nos movemos no mercado internacional de forma dinâmica, constantemente actualizados e assumindo uma atitude inovadora que se reflecte nas nossas ofertas, entre rolhas, pavimentos, revestimentos, aglomerados, isolamentos, tecidos, entre outras especialidades de cortiça. As áreas de negócio em que estamos estruturados reflectem as áreas da nossa competência e a verticalização do nosso negócio, sendo a cortiça rainha. É ela que se reflecte na base da nossa imagem corporativa.
Estamos entre os maiores produtores e distribuidores mundiais da indústria corticeira e estamos há largos anos no mercado. O nosso sucesso, confirmado pelas nossas Certificações, deve-se à aposta constante em pessoas, tecnologias e investigação e desenvolvimento. Daqui resultam clientes fidelizados e novos clientes, em todas as partes do mundo. É a este nosso mundo que lhe damos as boas vindas. Desejamos-lhe desde já que tenha uma agradável visita.
O JPSCORKGROUP dedica-se à cortiça desde 1924. As nossas empresas foram estruturadas em áreas de negócio para a gestão eficaz do negócio da cortiça. A área de negócio central do grupo é a Indústria, que se dedica à produção de artigos de cortiça. É constituída pela Jorge Pinto de Sá, Lda. e SEDACOR - Sociedade Exportadora de Artigos de Cortiça, Lda., operando a partir de várias unidades fabris localizadas em Portugal. Uma nova área de crescente importância, agrupa as empresas parceiras e participadas no estrangeiro, que se dedicam ao acabamento final, comercialização e Distribuição dos produtos de cortiça, alavancando o negócio Internacional. A área Investimentos e Participações, integra as parcerias estratégicas e tecnológicas do grupo. O sector Imobiliário surge como extensão dos interesses do grupo, decorrentes do negócio principal.
  • Entre os maiores produtores mundiais da indústria corticeira em quantidade e qualidade;
  • De base familiar, integramos três gerações envolvidas nos processos de produção e numa gestão moderna e competitiva;
  • Experiência de largos anos no negócio da cortiça;
  • Tradição e tecnologia, num desempenho de alto nível: recolha e selecção tradicionais da cortiça juntam-se à mais moderna tecnologia do sector;
  • Inovação garantida por I&D altamente qualificada em tecnologia e recursos humanos. Testa e garante a qualidade dos produtos, melhora a suas características, cria novas formas de fabrico, inventa novos produtos e aplicações para a cortiça;
  • Verticalizados, controlamos, rentabilizamos e garantimos a qualidade dos processos, desde a aquisição e selecção da cortiça à fabricação e comercialização dos produtos;
  • Resultado da verticalização, oferecemos preços competitivos;
  • Comprometidos com o cliente e sua fidelização, trabalhamos com ele para garantir altas performances;
  • Diversidade de produtos de cortiça, com uma gama completa de rolhas, granulados, aglomerados, isolamentos, pavimentos, revestimentos, tecidos e especialidades em cortiça;
  • Grande capacidade produtiva, para garantir rapidez e cumprimento dos prazos de entrega;
  • As Certificações atestam a nossa real Qualidade.
  • 1924 - Com 18 anos de idade, o Sr. Jorge Pinto de Sá inicia a atividade de transformação de cortiça, dedicando-se exclusivamente ao fabrico de rolhas de cortiça natural para venda no mercado Português.
  • 1955 - Aumento significativo das exportações. A partir de 1955 a empresa, impulsionada pela conquista de novos mercados, inicia um período de forte expansão.
  • 1975 - Construção de nova fábrica, implantada num terreno de cerca de 20.000 m2, dá um novo impulso ao desenvolvimento da empresa. Esta nova unidade fabril fez aumentar significativamente a capacidade produtiva e de armazenamento de matéria-prima.
  • É constituída a empresa SEDACOR Sociedade Exportadora de Artigos de Cortiça, Lda. com o objetivo inicial de produzir e comercializar produtos de cortiça não destinados à indústria vinícola.
  • 1979 - A 7 de Junho de 1979 o Sr. Jorge Pinto de Sá “passa o testemunho” para os seus filhos que já o acompanhavam na gestão da empresa desde muito novos. É então constituída como sociedade por quotas a empresa Jorge Pinto de Sá, Lda.
  • 1989 - Constatando a importância do controlo de qualidade e a necessidade de Investigação e Desenvolvimento de novos produtos e processos, é criado um moderno laboratório de apoio ao Departamento de Qualidade e, simultaneamente, criado o departamento de I&D.
  • 1993 - A SEDACOR adquire uma unidade fabril de transformação de desperdícios de cortiça, alargando assim o âmbito de atuação da empresa aos granulados de cortiça e produtos aglomerados.
  • A família Pinto de Sá, proprietária das empresas Jorge Pinto de Sá, Lda e SEDACOR, Lda, decide unificar as estratégias de desenvolvimento de ambas as empresas, dando origem ao JPSCORKGROUP. A criação do grupo permitiu a especialização produtiva de cada uma das empresas e, portanto, a otimização dos processos produtivos e consequentemente aumento da eficiência global.
  • 1995 - Fruto de uma reflexão estratégica, inicia-se um grande projeto de investimento com o objetivo de flexibilizar e otimizar os recursos existentes, aumentar a produtividade e capacidade produtiva e diversificar os produtos fabricados. Foi delineado um projeto a 5 anos com intervenções em todas as fábricas do grupo.
  • 2000 - Dando seguimento à estratégia de diversificação de produtos, é criada uma nova unidade fabril, Sedacor – Unidade II, para a produção de blocos e folhas de aglomerado de cortiça.
  • 2001 - Continuando o objetivo de integração vertical do grupo e, de forma a controlar todo o processo produtivo, é construída uma nova unidade fabril localizada em Ponte de Sor, no coração da floresta portuguesa de cortiça. Esta nova fábrica está implantada num terreno com cerca de 60.000 m2. Nela é feita a seleção e preparação das matérias-primas para as várias fábricas. Com esta nova unidade fabril reforçamos o controlo e rastreabilidade sobre as matérias-primas, oferecendo maiores garantias aos nossos clientes.
  • 2003 - Certificação pela nova norma ISO 9001:2002.
  • 2004 - Inclusão no processo de produção de novo e revolucionário processo de esterilização da cortiça para redução de TCAs.
  • 2006 - Instalação de máquinas de moldação individual para produção de rolhas de cortiça para vinhos e champanhe.
  • 2008 - Certificação pela norma ISO 9001 :2008
  • Novos investimentos na produção e laboratório: aquisição de novo cromatógrafo GC-MS, ampliação do laboratório central, modernização global de equipamento e instalações.
  • 2010 - Sedacor desenvolve de forma pioneira uma gama de tecidos de cortiça inovadores,  para várias aplicações, entre elas a bola de futebol em cortiça, obtendo o Prémio GAPI – material inovador do ano para a Fileira do calçado – pelo CTCP - Centro Tecnológico do Calçado de Portugal.
  • 2011 - Certificação FSC em todas as unidades do JPSCorkGroup.
  • 2012 - Início de produção de pavimentos flutuantes.  Primeira presença com stand e marcas próprias, em certames internacionais.
  • 2013 - Apresentação mundial de novos pavimentos e revestimentos à base de cortiça, DIVINA Cork Floors, DIVINA Cork Walls e Cork My Way.
  • 2014 - Lançamento mundial dos primeiros colchões com cortiça pela Lusocolchão, em parceria com a Sedacor que desenvolveu todas as soluções de cortiça (exterior e interior) incorporadas.
  • 2015 - A Sedacor desenvolve, com seus parceiros, o primeiro fio e tecido de cortiça com  algodão. Obtém o Prémio de produto inovador do ano, na fileira têxtil e vestuário: Inova Têxtil,  com “Cork-a-tex”, pelo CITEVE (Centro Tecnológico das Industrias Têxtil e Vestuário de Portugal), sendo ainda finalista do prémio internacional  “Future Materials Awards 2015” , para produtos sustentáveis.
  • Prémio mundial de Design de produto:  Red Dot Award 2015 para o Lavatório “Nature”, com cortiça integralmente desenvolvida pela Sedacor.
  • 2016 - O Grupo JPS  acentua o investimento em Inovação, capacidade de Produção e Internacionalização, exportando já para mais de 50 países espalhados pelo mundo.
  • Revestimentos de parede e tecidos Sedacor são selecionados para as tendências mundiais do Textil-lar.
  • A JPS (Jorge Pinto de Sá)  lança a nova rolha de cortiça Natural JP Natur SP.
  • A Sedacor Lança o primeiro pavimento de cortiça em rolo: “Divina Corkoleum”.
Resultantes do processo de Certificação ISO da Jorge Pinto de Sá, Lda., assumimos as seguintes linhas de orientação para todo o Grupo:


Missão

O JPScorkgroup esforça-se por produzir e comercializar produtos de cortiça que satisfaçam as necessidades dos seus clientes, garantindo a confiança, flexibilidade e padrões competitivos de qualidade, acompanhamento e serviço pós venda, de forma a exceder as expectativas do cliente.

Visão

Estabelecer relações de longo prazo com os nossos stakeholders, garantindo a sua satisfação e contribuindo para o sucesso nacional e internacional do JPSCorkGroup.
Sermos os parceiros eleitos pelos nossos clientes na investigação de soluções e no apoio técnico especializado em produtos de cortiça, tendo consciência da mais-valia que representam a experiência e as competências adquiridas em conjunto.

Valores

  • Superar as expectativas dos clientes nacionais e internacionais, em produtos e preços competitivos.
  • Distinção pela qualidade dos nossos produtos.
  • Constante evolução tecnológica e técnica, em produtos e processos.
  • Melhoria contínua da oferta, através de Investigação e Desenvolvimento permanentes.
  • Garantir o desenvolvimento de competências dos colaboradores e o seu envolvimento nos processos de qualidade, ambiente, higiene & segurança.
  • Cumprimento da regulamentação aplicável.

Jorge Pinto de Sá, Lda.

unidades_1

Sedacor I

unidades_2

Sedacor II

unidades_3

Sedacor III

unidades_4
O sobreiro (Quercus Suber L) é a árvore da cortiça, sendo esta a sua casca. Descortiçado após um crescimento de 25 anos, e em ciclos de 9 anos, o sobreiro presenteia-nos com uma matéria-prima de características únicas, a cortiça. A razão dessas maravilhosas capacidades está na estrutura alveolar das suas células. O sobreiro ou sobro, agregado em florestas ou montados, vive até 200 anos, crescendo essencialmente nas regiões mediterrânicas. Portugal é, contudo, o maior produtor e transformador de cortiça do mundo. grupo-site
A sua estrutura celular, semelhante aos alvéolos de recolha do mel, confere à cortiça qualidades únicas e inimitáveis em várias áreas de aplicação. É 100% natural, reciclável e renovável, uma matéria-prima de tendência, em linha com as exigências de preservação do meio ambiente. celulas-cortica-e-alveolos-de-mel(1)Graças à estrutura celular da cortiça ela é ainda...
  1. De uma enorme leveza
  2. impermeável a líquidos e gases
  3. elástica e compressível
  4. resiliente, com excelente capacidade de recuperação à forma original após pressão
  5. isolante térmico e acústico de notáveis capacidades
  6. de combustão lenta
  7. resistente ao atrito
Estas características tornam-na inigualável para várias indústrias.

Construção Civil

Os granulados e aglomerados, brancos, negros ou com borracha, derivam da cortiça natural, suas sobras e desperdícios, sendo ideais para isolamento, material anti-vibrático, juntas, revestimentos e pavimentos sujeitos a tráfego intenso, decoração, etc. Conheça as nossas ofertas e excelentes características para este sector em Granulados, Aglomerados, Isolamentos, Revestimentos e Pavimentosdscf0689

Mercado Vínicola

Rolhas de inúmeros calibres e formatos estão à disposição dos produtores de vinho, para engarrafamento e garantia de estanquicidade do vinho na garrafa. Entre rolhas de cortiça natural e técnicas, conheça a nossa oferta de Rolhas.grupo-site(1)

Indústrias da moda – calçado e têxtil

Está na moda calçado com solas e saltos em cortiça e com cortiça substituindo o cabedal. A nossa oferta inclui fornecimentos para a indústria de calçado, têxtil e ainda marroquinaria, para malas, estojos, mochilas e pastas de cortiça. Conheça a nossa oferta em Tecidos de cortiça e Especialidades de cortiça.grupo-site2

Desporto

A partir de granulados e aglomerados, as aplicações no desporto incluem bolas para vários desportos, como o futebol, hóquei, críquete, etc. Conheça a nossa oferta em Especialidades de Cortiça.img_1995201024x7681

Outras Aplicações

Cortiça para memoboards, embalagens,tabuleiros, componentes informáticos, capacetes de protecção, actividade piscatória, etc. Conheça a nossa oferta em Especialidades de Cortiça.tabuleiros_bx

Novas Aplicações

Arquitectos e designers olham esta matéria-prima de uma nova forma, criando aplicações inovadoras, em termos de sustentabilidade e eco-Design. Consulte-nos quanto à viabilidade do seu projecto inovador em cortiça.grupo-site-3

Indústria Automóvel

A cortiça tem características excelentes para a indústria automóvel, quer para as componentes mecânicas (juntas), quer para interiores (estofaria e decoração). Conheça a nossa oferta em Especialidades de Cortiça.
Implementamos actividades orientadas para o ambiente e para as pessoas, sobre as quais é construída a nossa política de Responsabilidade Social Corporativa:
 

O montado de sobro, comunidade local e desenvolvimento nacional

Contribuímos para a sustentabilidade do montado e da economia local com a aquisição de matéria-prima, assegurando a vida das populações em áreas geográficas menos favorecidas. A cortiça é um dos sectores mais importantes para as exportações de Portugal, sendo o JPSCorkGroup um dos mais fortes exportadores do sector.OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ecossistema e biodiversidade

A actividade do grupo contribui para a manutenção da floresta (e, logo, retenção de 4,8 milhões de toneladas por ano de CO2), auxiliando na preservação da fauna e da flora características e exclusivas.

Eco-efficiency of the industry

São muitas as razões da nossa eco-eficiência industrial:
  • Sub-produtos das florestas de sobro, não aproveitadas para rolhas, são usadas na nossa indústria para granulados, aglomerados, isolamentos revestimentos e pavimentos;
  • Desperdícios e sobras da produção de rolhas são igualmente reutilizadas num largo número de aplicações;
  • O pó de cortiça resultante do manuseamento da cortiça é reutilizado como energia nas nossas unidades industriais;
  • Tratamos os nossos resíduos e minimizamos as emissões de CO2;
Distinção pela qualidade dos nossos produtos” é um dos nossos valores. Por isso, mais que um departamento, a Qualidade é uma atitude da organização, confirmada pelas nossas Certificações.   Essa atitude está presente em todas as fases da nossa actividade industrial:
  • Inspecção da matéria-prima
  • Auto-controlo fabril
  • Inspecção final
O departamento de Qualidade é equipado com a mais moderna tecnologia e pessoal qualificado, para executar todo o tipo de testes aos produtos de cortiça e realizar a investigação e desenvolvimento necessários para, continuamente, melhorar produtos e processos.
  • Laboratório PMC – Testes físicos, mecânicos e químicos
  • Laboratório de Cromatografia
  • Laboratório de Microbiologia

Inspecção da matéria-prima, na floresta de sobro

estaleiro No coração da floresta, fruto de longa experiência, só adquirimos a cortiça que nos dá garantia da qualidade final dos nossos produtos. Um rigoroso controlo de qualidade começa com a inspecção da matéria-prima, tão depressa ela chega às unidades fabris.    

Auto-controlo fabril

Em todas as fases do processo produtivo, os operários fabris fazem o seu auto-controlo, que é objecto de registo, conforme o previsto nos manuais da qualidade de cada produto.  

Inspecção Final

Dos lotes de produtos acabados, nos armazéns de inspecção final, são recolhidas amostras, seguindo planos prévios de amostragem, e feitos os ensaios que comprovam a fiabilidade dos produtos e a sua conformidade com as fichas técnicas. Após efectuar todos os ensaios, o departamento de Qualidade aprova e liberta o produto para expedição.
Somos uma empresa inovadora no sector da cortiça.
Em processos de fabrico, que continuamente melhoramos, na introdução de melhorias nos atributos dos produtos, na criação de novas aplicações para produtos tradicionais, na introdução de novos produtos.
 
O departamento de I&D é o centro dessa inovação, secundado por toda a organização num conceito mais abrangente e global. É, por isso, um departamento com os recursos tecnológicos mais avançados e actuais do mercado da cortiça e elevadamente qualificado em recursos humanos.